quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007

Cuidado com o que você escolhe, pois a vida obedece a sua escolha...

A frase não é minha mas me faz lembrar de pessoas que eu conheço, que vivem reclamando que a vida virou um inferno depois que conheceram fulano e que fulano é muito imaturo, que beltrano é muito crítico, que só encontram pessoas que se lamuriam , que vivem resolvendo o problema dos outros, que não tem tempo pra nada, que... que...

Depois disso, só da pra pensar: que mundo ingrato! mas será assim mesmo? estamos ai pra assumir responsabilidades dos outros, pra tomar conta ou dar conselhos?
É verdade que não podemos ignorar as verdades e necessidades daqueles que nos são próximos, mas também não dá pra esperar que pensem como a gente, que tenham os mesmos valores ou os mesmos gostos. Assim como não dá pra vestir a roupa do outro para agradá-lo, dizer aquilo que não é sentido, e viver contrariado para manter uma situação qualquer, cada um faz a sua escolha que talvez possa não fazer sentido na cabeça do outro.

Descontadas as diferenças, será que não seria o caso de analisar: que tipo de pessoa você atrai para os seus relacionamentos, que tipo de vida você atrai? Será que uma estranha mágica só traz os piores pra você?

Há perguntas demais pra uma resposta simples: NÃO... Ser feliz, curtir a vida, almejar o próprio espaço, ser aceito, respeitado e valorizado faz parte de um plano maior. Nossas escolhas PESSOAIS e principalmente nossa interpretação dos fatos interferem frequentemente no caminho a ser trilhado. As tintas e as cores que irão compor a paisagem depende muito de cada um.

Sheila Vicci

Um comentário:

Dani Dalledone disse...

Olá!

vi o seu blog no nick do msn e resolvi dar um aespiadinha!

muito lindos os seus trabalhos!


beijos